sexta-feira, 8 de novembro de 2013

URGENTE!!!



Saudações guerreiros, como vc's devem terem notado, o blog está desatualizado (totalmente), é justamente por esse motivo que venho até vc's pedir a colaboração, se algum d vc's leitores se interessar, estarei recrutando para fazer parte da equipe, o blog estar precisando d editores, URGENTE!!!

Desde já agradeço

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Feliz 2013 a todos

 
O CANTO DOS GUERREIROS deseja a todos um um feliz ano novo e que 2013 traga muito hidromel a mesa de cada um dos filhos de Odin. Muita paz a todos, mais só depois da batalha vencida. Temos mais 365 dias de luta, talvez alguns de nós nunca conseguirá completar a jornada a qual foi imposta, se caímos em batalha, que as belas jovens mulheres montadas em seus cavalos alados e armadas com elmos e lanças (Valquírias), venham escoltar os Einherjar ("Guerreiros de Odin"), até o grande palácio de Valhala, onde viveremos em banquetes e fartura até o derradeiro dia do Ragnarok.

sábado, 10 de novembro de 2012

Sirenia


Sirenia banda norueguesa de metal gótico, criada depois da saída de Morten Veland da banda Tristania. Apresenta uma sonoridade muito coesa, característica das composições de Veland.




A banda, cujo nome foi inspirado nas sereias da mitologia grega, sedutoras de homens com sua beleza e seu canto, foi fundada em 2001, após Morten Veland deixar Tristania, outra banda do gênero. Depois de Veland deixar Tristania, não se sabia como ambos ficariam, até 2002, com o lançamento do álbum At Sixes And Sevens, com a participação de Fabienne Gondamin nos vocais. Em 2004, com Henriette Bordvik no lugar de Gondamin, foi lançado o álbum An Elixir For Existence.




Após sua saída do Tristania, Morten restabeleceu contato com sua antiga gravadora, a Napalm Records, e seu produtor, Terje Refnes do Sound Suite Studios. Veland convidou Kristian Gundersen, que se encaixava perfeitamente em suas inclinações musicais, para integrar a banda. Gundersen era guitarrista e executava partes de vocais limpos. Também era integrado à banda o tecladista Hans Henrik Varland.



Logo em seu trabalho inicial, At Sixes and Sevens, gravado no final de 2001 e lançado no começo de 2002, o Sirenia já atraíu grande público. O álbum, que contém 9 músicas, é marcado pela presença de características de symphonic metal aliadas ao clássico gothic metal. Para os vocais femininos, foi convidada a cantora francesa Fabienne Gondamin. Também contribui com a gravação do álbum o violinista Pete Johansen. Um coral francês foi contratado para executar várias partes no opus. Jan Kenneth Barkved participou dos vocais limpos, que foram acrescentados para uma maior diversidade a esse lançamento. At Sixes and Sevens é considerado pela crítica uma grande obra com belos arranjos e uma atmosfera freqüentemente alternada entre o peso das guitarras e urros e a melancolia dos vocais clássicos e violinos.


download

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Shaman


Início
A banda foi formada no segundo semestre de 2000, quando os músicos Andre Matos (vocal e teclado, ex-Viper ), Luis Mariutti (baixo, ex-Firebox ) e Ricardo Confessori (bateria, ex-Korzus) deixaram a banda Angra. Na mesma época, os três resolveram montar um novo projeto. O mesmo ainda não contava com um guitarrista, sendo assim, Hugo Mariutti (Henceforth), irmão de Luis, foi chamado pelo recém formado grupo, inicialmente apenas para auxiliar nas composições.


O grupo tentou trazer o nome Angra como nome de seu grupo, porém o nome pertencia a empresários ligados a antiga banda de Andre, Luis e Ricardo. Então, tiveram de escolher outro nome para o grupo. O nome escolhido para a nova banda, Shaman (sugerido por Luis Mariutti inspirado no título da música The Shaman, composta por Andre Matos para o Holy Land, álbum do Angra de 1996) significa "aquele que enxerga no escuro", e é representado de maneira geral pelos sacerdotes que curam através dos elementos da natureza. De origem siberiana, os shamans ganharam o mundo e se disseminaram em praticamente todas as culturas. No Brasil, os shamans (também grafado como xamãs) são representados principalmente pelos pajés indígenas.


O Shaman logo começou trabalhando arduamente para se tornar conhecido e firmar seu nome dentro do cenário heavy-metal. Iniciou com uma turnê de estréia, que passou pela Europa e América Latina, obtendo grande receptividade da crítica e do público. Para executar os teclados ao vivo a banda pode contar com o amigo e ex-parceiro de Angra, Fábio Ribeiro.


baixar cd ritual
baixar cd reason

domingo, 4 de novembro de 2012

Haggard


Banda alemã de Classical Medieval Metal que combina música folk, erudita e death metal.

Originalmente formada em 1991 como uma banda de death metal, lançou neste segmento, os singles Introduction (1992) e Progressive (1994).
Com uma sonoridade mais sinfônica que os anteriores, Once… Upon A December's Dawn (1995) já apresentava a junção da música clássica, metal extremo e elementos folk.
And thou shalt trust… the seer de 1997 foi o primeiro álbum oficial lançado pela banda. Orquestral e ainda assim agressivo, o álbum é um dos marcos na música, na fusão entre a música erudita e o lado extremo do heavy metal. Deste álbum, Lost (Robin's song) é provavelmente a música mais famosa. Esta foi composta por Asis Nasseri em homenagem ao seu filho Robin.
Baseado nas profecias de Nostradamus, Awaking the Centuries de 2000 consolida a banda Haggard no cenário headbanger.
O sucesso de Awaking the Centuries foi tamanho que em 2001 eles lançam o primeiro álbum ao vivo, gravado no México, chamado Awaking the Gods.
Eppur si Muove (2004) é o mais aclamado dos trabalhos do Haggard. A obra narra a vida conturbada da perspectiva científica de Galileu Galilei. Eppur si muove se tornou uma das mais famosas canções do grupo alemão, juntamente com Per aspera ad astra e a épica Herr Mannelig. Eppur si Muove significa Ainda se move, frase que teria dito Galileu ao argumentar sobre os movimentos de rotação da Terra.
Em 2008 Tales of Ithiria é lançado. O álbum como os antigos também é conceitual, mas desta vez sobre uma história de fantasia criada por Asis Nasseri. O título original do mais recente trabalho seria A dark winter's tale que foi mudado posteriormente para Tales of Ithiria.

Integrantes: 

Asis Nasseri
Susanne Ehlers
Veronika Kramheller
Fiffi Fuhrmann
Andreas Peschke
Florian Bartl
Ivica Percinlie
Steffi Hertz
Johannes Schleiermacher
Claudio Quarta
Hans Wolf
Luz Marsen 

Site Oficial: 
http://www.haggard.de 

Downloads: 
Haggard - Progressive (EP) (1994)
Haggard - And Thou Shalt Trust... The Seer (1997)
Haggard - Awaking The Centuries (2000)
Haggard - Awaking The Gods - Live In Mexico (2001)
Haggard - Eppur Si Muove (Limited Edition) 2004
Haggard - Tales Of Ithiria (2008)

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Eluveitie


Pertencendo a tempos do crescente cenário europeu de folk metal, o Eluveitie sempre trouxe novos ventos a ele. Eluveitie tem um som autêntico, combinando música tradicional celta de um jeito único com o moderno death metal melódico. Com o novo álbum Everything Remains (As It Never Was) a banda conseguiu aprofundar cada aspecto do seu inimitável estilo, e mais do que nunca faz justiça a sua própria descrição “The New Wave of Folk Metal”.



Originalmente formada por Chrigel Glanzmann no inverno (verão, aqui no Brasil) de 2002/2003 apenas como um projeto de estúdio, o primeiro EP, Vên, foi gravado na primavera suíça de 2003, já único na sua maneira de apresentar música folclórica em pé de igualdade com o metal.



O EP auto-financiado foi ardentemente recebido pela cena local e imprensa, e se esgotou dentro de poucos meses. Em 2004, o Eluveitie assinou contrato com o selo holandês Fear Dark Records, que lançou uma versão remasterizada (e, em partes, regravada) de Vên. E assim seguiram como uma banda “de verdade”, tocando, em turnê pela Europa, com bandas consagradas como Finntroll, Amon Amarth, Ensiferum e muitas outras, e também se apresentando em vários festivais e open airs.

Embora algumas mudanças no line-up ainda estivessem para acontecer, o Eluveitie cresceu como banda e desenvolveu seu próprio estilo.

download CD spirit

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Danças celtas/irlandesas


  Muitos já ouviram falar do sapateado irlandês do Riverdance e do famoso Lord of the Dance e de vários outros grupos e danças irlandesas, porem suas origens e sua evolução é desconhecida de muita gente.
Confira um pouco mais sobre as danças  Irlandesas.



A história da dança irlandesa é por parte fruto de constantes deslocamentos de tribos e povos, através de migrações e invasões chegavam a irlanda. Cada um desses povos trouxeram consigo suas varias formas de danças e músicas. Há poucas referências sobre o surgimento das danças irlandesas, mas há evidências que as origens dessas danças remontam os tempos dos Druidas, quando os antigos povos Celtas faziam danças circulares em festivais e comemorações religiosas da época, curiosamente suas influencias estão presentes até hoje nas ” Ring Dances”. Quando os celtas chegaram na Irlanda, provenientes da Europa Central há mais ou menos dois mil anos, eles trouxeram consigo suas danças próprias que contavam acontecimentos de sua cultura. Há relatos das danças irlandesas cerca de 400 dC, depois da conversão de parte daqueles povos ao cristianismo, os novos sacerdotes adaptaram o estilo pagão de ornamentação para produzir seus manuscritos, enquanto os camponeses mantiveram as qualidades de sua música e dança.